Asa Sul | Águas Claras
Taguatinga (61) 2191-9191

Alto Constrate

Asa Sul | Águas Claras
Taguatinga (61) 2191-9191

Notícias Fale Conosco Trabalhe Conosco
Alto Constrate

Lente de contato requer atenção dos usuários

04/05/2018

Deborah de Salles | Conversa Coletivo de Comunicação Criativa

Compartilhar:

Rígidas ou flexíveis, as lentes de contato são usadas por mais de oito milhões de pessoas no país para corrigir problemas oculares, segundo a Sociedade Brasileira de Lentes de Contato, Córnea e Refratometria. O especialista da Oftalmed, Gustavo Macedo, aponta os benefícios e os cuidados necessários para quem se utiliza do recurso.

Pessoas com miopia, hipermetropia, astigmatismo e ceratocone (diagnose que afeta a córnea podendo causar imagens distorcidas) ganham um maior campo de visão corrigido ao usarem lentes de contato. “Nos casos de ceratocone e altos astigmatismos, o uso melhora a acuidade visual em relação aos óculos”, explica Gustavo. Ele lembra ainda que as lentes são uma boa opção para quem pratica esporte porque “evita a quebra de armação ou de lesões mais graves”.

Apesar das vantagens, a lente requer cuidados que, se não observados, podem acarretar sérios problemas como infecções visuais e até mesmo levar à cegueira. “Dormir com as lentes, por exemplo, causa desconforto, ardência,  dor, vermelhidão, secreção”, alerta o médico. “Ao acordar, os usuários podem ter dificuldade de removê-las e sentir desconforto com a visão embaçada”, completa. .

Ainda de acordo com o especialista da Oftalmed, a higiene , o tempo de duração e permanência com as lentes de contato e o uso do tipo de lente adequada são essenciais para que o seu uso não seja prejudicial à saúde dos olhos. “Lavar as mãos antes do manuseio, utilizar soluções específicas de enxágue e desinfecção para a limpeza, evitar armazenar as lentes de contato em soro fisiológico”, diz Gustavo.

O uso contínuo também é um indicativo de atenção. O ideal é que o paciente alterne as lentes de contato com os óculos de grau para “descansar a visão”. É preciso ficar atento ao tempo de validade das lentes e observar o tempo de troca, que varia entre 2 meses (lentes gelatinosas) a 1 ano (lentes rígidas).

TIPOS DE LENTE - As lentes de contato são classificadas em rígidas e gelatinosas. A primeira é  fabricada por um material não flexível, indicada para pessoas que têm ceratocone, astigmatismos irregulares da córnea.

Já as lentes gelatinosas, de material flexível, são recomendadas para pacientes com miopia ou hipermetropia. As lentes gelatinosas têm outras variações e podem ser indicadas para um maior número de pacientes que precisam corrigir o astigmatismo (lentes gelatinosas tóricas), a presbiopia (visão cansada para perto) com as lentes gelatinosas multifocais - capazes de oferecer foco para mais de uma distância (longe e perto). 

Existem também as lentes esclerais, indicadas para pacientes com ceratocone muito avançado e que não se adaptaram às lentes rígidas. E, além dos fins estéticos, recomenda-se as lentes coloridas àquelas pessoas que precisam corrigir alguma cicatriz na córnea.

Os oftalmologistas não recomendam o uso das lentes aos pacientes que têm olho seco, alergia ocular, alterações anatômicas das pálpebras, infecções da córnea e da conjuntiva, pterígio, neoplasias conjuntivais e da córnea e demais processos inflamatórios.

Compartilhar:

Mais notícias