Asa Sul | Águas Claras
Taguatinga (61) 2191-9191

Alto Constrate

Asa Sul | Águas Claras
Taguatinga (61) 2191-9191

Notícias Fale Conosco Trabalhe Conosco
Alto Constrate

Maquiagem de Carnaval: de queridinha à vilã dos olhos

05/02/2018

Gabriella Bontempo - Conversa Coletivo de Comunicação Criativa

Compartilhar:

Espuma, glitter e outros itens de maquiagem podem prejudicar a visão. Cuidados simples ajudam a garantir a saúde ocular para que você não perca nada da festa

Carnaval é tempo de celebrar a criatividade e a alegria com fantasias e muitas, muitas cores espalhadas em pinturas criativas por todo o corpo e maquiagem extravagante no rosto. Mas de uma coisa as foliãs e foliões não podem esquecer: é preciso ter cuidado com o uso excessivo de cosméticos e adereços nas regiões próximos aos olhos.

Segundo a oftalmologista da Oftalmed, Patrícia Rocha, no período do carnaval é muito comum a aplicação de produtos como glitters e cílios postiços, assim como rímel e lápis de olho. Quando utilizados de forma errada ou em excesso, podem provocar reações como coceira, vermelhidão ou até mesmo ferir a córnea. Outros produtos como as espumas, comuns no folia, também podem causar efeitos similares e prejudicar a visão.

"O lápis de olho requer cuidados, pois pode obstruir os orifícios das glândulas de meibômios, que são as responsáveis pela secreção de material gorduroso presente na composição da lágrima. E, caso haja a obstrução dessas glândulas, isso aumenta os riscos de inflamação e infecção local ocasionando terçol ou blefarite (inflamação das pálpebras)”, explica a especialista.

As sombras purpurinadas ou com glitter, apesar de serem quase um item obrigatório no look de carnaval, são as maiores vilãs da saúde ocular porque têm uma textura mais grossa e resistente. “Se caírem dentro dos olhos, causam bastante coceira e podem arranhar e ferir a córnea. O glitter, quando aplicado em excesso, também pode se acumular nas pálpebras e irritá-las, aumentando o risco de inflamação e infecção local, causando terçol ou blefarite (inflamação nas bordas dos olhos)", alerta a especialista.

Os cílios postiços merecem cuidado especial também, principalmente na aplicação. "Eles devem ser aplicados com cola adequada e específica para essa finalidade, sempre com cautela. O mesmo cuidado também se aplica ao uso de rímel", reforça a médica.

Além do uso excessivo de maquiagem, a grande movimentação durante as festas carnavalescas, com exposição ao calor e ao sol - que aumentam a quantidade de suor no rosto e a fazem com que as pessoas levem mais as mãos ao rosto, muitas vezes sem a higiene adequada -, também pode provocar outras doenças, como a conjuntivite, por exemplo.

O QUE FAZER - Como proceder, então, caso os olhos fiquem irritados pelo uso de maquiagens ou outros produtos? Segundo a especialista Patrícia Rocha, em caso de irritação ocular ocasionada por maquiagens ou espumas, o ideal é lavar os olhos abundantemente com água corrente para aliviar os sintomas e, evitar coçá-los.

"Se os sintomas persistirem ou se o quadro se agravar, o ideal é procurar ajuda especializada imediatamente. Nunca espere para resolver o problema sozinho ou depois do Carnaval. Isso pode desencadear um quadro mais grave, que demandará um tratamento mais demorado", reforça.

Patrícia recomenda que os foliões dêem preferência a maquiagens que não sejam à prova d´água, pois as muito resistentes são muito difíceis de remover, sempre deixando resíduos nos olhos, além de poderem aderir às lentes de contato em caso de pacientes usuários de lentes, e assim, danificá-las. “Outra recomendação para evitar infecções oculares é não compartilhar a maquiagem com outras pessoas. Lápis de olho e rímel são itens pessoais. Jamais devem ser compartilhados pelo risco de contaminação”, explica.

DICAS - Para aproveitar bem as festas carnavalescas, a médica da Oftalmed, Patrícia Rocha, faz algumas recomendações:
 
- Use maquiagem de boa qualidade e em quantidade moderada;
- Ao deitar, lembre-se de retirar toda a maquiagem com demaquilantes e lave bem o rosto;
- Respeite o prazo de validade dos produtos usados;
- Evite compartilhar pincéis, lápis de olho e outros produtos;
- Nunca durma com maquiagem. Resíduos podem cair dentro dos olhos durante o sono.

Compartilhar:

Mais notícias