Asa Sul | Águas Claras
Taguatinga (61) 2191-9191

Alto Constrate

Asa Sul | Águas Claras
Taguatinga (61) 2191-9191

Notícias Fale Conosco Trabalhe Conosco
Alto Constrate

Vitrectomia: procedimento inovador auxilia pacientes com sintomas de “moscas volantes”

22/03/2018

Deborah de Salles | Conversa Coletivo de Comunicação Criativa

Compartilhar:


Você já percebeu pontos escuros, manchas, vírgulas ou círculos em movimento no seu campo de visão ao dirigir durante o dia ou ao ler um livro em um ambiente com muita claridade, por exemplo? Se a resposta for sim, pode ser que você conviva com “moscas volantes”.  Se a resposta for não, pode esperar porque, ao longo dos anos, essas manchas irão aparecer. Mas não há com o que se preocupar. Na maioria dos casos, é possível manter o bom convívio com elas.

O surgimento dessas manchas é natural porque o vítreo – espécie de gelatina do globo ocular – descola da retina com o passar do tempo. A sensação é que elas estão na frente dos olhos, mas na verdade elas flutuam no vítreo, bloqueiam a entrada de luz e formam a sombra na retina. Os sintomas aparecem em um fundo claro - como uma parede branca ou céu bem azul - e são percebidos mais facilmente  por pessoas mais velhas, acima dos 40 anos de idade e mais precocemente em jovens com miopia.

Além disso, um procedimento mais avançado, seguro e moderno tem sido realizado pelos principais oftalmologistas para o tratamento das moscas volantes. É a vitrectomia, uma técnica que envolve cirurgias para várias afecções diferentes no olho, a exemplo, do descolamento de retina, hemorragia no olho, problemas vasculares, entre outros.

“A cirurgia é minimamente invasiva, com pequenos cortes e dispensa os pontos. Em menos de 24 horas, o paciente já pode retirar o tampão do olho e contemplar um novo campo de visão “limpo” e "sem embaraços”, explica o especialista da Oftalmed, Sebastião José Ferreira Neto. Pacientes da Oftalmed podem realizar o procedimento nos centros cirúrgicos das unidades da Asa Sul, de Águas Claras ou de Taguatinga.

Estudo recente do Conselho Americano de Oftamologia apontou que pacientes que se submeteram a esse procedimento a ganharam com mais qualidade de vida e puderam retornar às atividades de rotina sem prejuízo algum. Apesar dos benefícios, a vitrectomia para pacientes com sintomas de “moscas volantes” é indicada acima dos 45 anos.

QUEM PODE SE SUBMETER À CIRURGIA - O paciente com sintomas de moscas volantesprecisa fazer a triagem por meio de alguns exames. São eles a retinografia, a ecografia e o teste da sensibilidade de contraste. Com a retinografia, o especialista consegue ver com precisão as manchas bem nítidas que ficam à frente da retina.

Outro fator que o especialista também leva em consideração no período pré-operatório é uma avaliação sobre o grau de comprometendo da visão do paciente. “As perturbações mais intensas são aquelas responsáveis pela perda de sensibilidade de contraste. Para essas pessoas, as manchas dificultam atividades diárias que requer mais atenção, como a leitura, por exemplo”, explica Sebastião.

Embora as moscas volantes não desapareçam sem o procedimento cirúrgico, alguns mecanismos do organismo conseguem compensar o certo “incômodo” que elas podem causar. Enquanto isso, a dica é aprender a se acostumar com as manchas e usar um óculos de sol com lentes adequadas para minimizar o desconforto na claridade. Na dúvida, não deixe de ir à uma consulta com seu oftalmologista.

Leia mais em:

Moscas volantes: manchas na visão exigem cuidados

Compartilhar:

Mais notícias